TV


Ou é poupança nos caracteres ou é falta de um corrector ortográfico ou é apenas a habitual semi-literacia apressada nestas coisas.

IMG_7866

Económico TV, há bocado…

REPORT: Only 9 Percent Of Guests Discussing Education On Evening Cable News Were Educators

Via Diane Ravitch.

Só é uma má medida de gestão se não tiver um retorno razoável em termos de receitas, nomeadamente ao nível da publicidade ou da revenda dos direitos  a outras estações (embora com a  polémica este potencial valor agora esteja claramente diminuído).

Quanto ao famigerado “serviço público” há por lá coisas bem menos interessantes e mais popularuchas no mau sentido.

Que os directos televisivos a partir de Évora tenham de ser feitos com os repórteres à chuva só para provarem que não são fake news.

Em meu entender, a primeira parte foi globalmente demasiado teórica, como acabei por dizer, algo estratosférica, filosófica, utópica, muito ligada à especialidade académica de parte dos intervenientes.

Na segunda parte desceu-se um pouco à Terra, mas era para isso que eu lá estava, de certa forma como o participante ligado ao quotidiano das escolas. Nota-se que não fui brindado com a tolerância que existiu para as longas intervenções da 1ª parte, mas eu também fiz as minhas maldades

Nunca dá para falar tudo o que gostaríamos, pelo que há opções a fazer, em especial quando não se leva um guião para despejar e se vai construindo, ao ouvir os sete intervenientes anteriores, um fio condutor para a intervenção.

Quiçá, um dia, se possa ter um programa com um ou dois teóricos e 6 ou 7 intervenientes com experiência concreta, micro, mesmo que se considerem como “narrativas” o que são apenas realidades.

IMG_7356

 

Na RTP1, daqui a bocado. Caso o prometido dilúvio tenha sido adiado, espero chegar a tempo ao espaço escolhido para o programa.

Os participantes são de diferentes áreas da Educação, em especial da investigação não muito mediática, pelo que se espera uma pluralidade de olhares centrados no médio-longo prazo e não tanto um confronto de perspectivas sobre a política do momento ou um debate “político” no sentido mais restrito e afunilado do termo.

A ver no que dá.

Está lá o Coito dos Cantos, cum caneco.

Armado em sabedor de qualquer coisa que desconhece.

Página seguinte »

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 1.112 outros seguidores